Parauapebas recebe a visita de Giovanni Queiroz

Tablóide Pará

Com o objetivo de reunir com representantes dos poderes legislativo e executivo municipal, o Secretário Extraordinário de Governo de Produção do Estado do Pará, esteve em Parauapebas na manhã desta segunda-feira, quando, no auditório da Prefeitura Municipal de Parauapebas falou dos planos do governo do Estado para incentivar o crescimento da agricultura familiar e do agronegócio em todos os 141 municípios paraenses.

Além do aceleramento da produção rural, através da Adepará e Emater, Giovanni falou da regularização fundiária através do ITERPA – Instituto de Terras do Pará. “Pedi ao governador mil técnicos para atender as famílias através de projetos e dar assistência técnica”, explicou Giovanni, dizendo ter como planos tirar as pessoas da pobreza.

Tablóide Pará

Quem também esteve o evento foi o prefeito de Parauapebas, Darci Lermen; o vice-prefeito de Parauapebas, João do Verdurão; o Secretário Municipal de Produção Rural, Milton Zimmer; o presidente da Câmara Municipal de Parauapebas, vereador Ivanaldo Braz; e diversas outros membros dos poderes executivo e legislativo.

Para o prefeito Darci Lermen, o momento é favorável para Parauapebas que, há muito tempo, vem trabalhando para fomentar outras fontes econômicas, tirando assim o município da dependência exclusiva da mineração. “Sempre investimos na produção rural, qualificando o agricultor e subsidiando com insumos e serviços, que vão desde a preparação do solo, a doação de sementes, construção de tanques, doação de alevinos e de ração e até a compra da produção”, contou Darci Lermen, planejando que agora com o incentivo maior do governo do Estado tudo deverá ficar mais fácil.

O vice-prefeito João do Verdurão, é importante e possível que um Estado, com solo tão fértil, clima propício e tantos mananciais de, produza o suficiente para alimentar sua população e ainda exportar gerando assim recursos para quem produz e aos cofres públicos. “90% do frango que consumimos vem de outros estados. Não é diferente com o tomate, a cenoura, o feijão o arroz e diversos outros produtos da agricultura indispensáveis nas mesas das famílias”, listou João do Verdurão, contabilizando ser por isso que pagamos preços tão alto.

O vereador Ivanaldo Braz falou do grande incentivo que é dado pela prefeitura municipal aos produtores em orçamento anual que chega a R$ 40 milhões. “É preciso descobrir a vocação de cada colono para que produzam aquilo que gosta”, sugeriu o vereador.

Relacionadas